Programa da OMS vai ajudar a controlar tuberculose resistente

Programa da OMS vai ajudar a controlar tuberculose resistente

A Organização Mundial da Saúde, OMS, lançou nesta sexta-feira, em Genebra, um plano especial para prevenir e combater a variante da tuberculose resistente a medicamentos.

Antes do anúncio da OMS, o enviado especial do Secretário-Geral da ONU para a Erradicação da Tuberculose, Jorge Sampaio, falou à Rádio ONU, em Nova York, sobre o combate à doença.

“Alguma coisa foi possível fazer de sensibilização nos principais responsáveis do G-8. Foi possível fazer advocacia da existência da doença, foi possível fazer advocacia da existência da necessidade extrema de consolidar serviços de saúde. Nomeadamente em África e na região subsariana, mas é uma coisa mundialmente deficitária. Como é que nós podemos ganhar os combates contra o Sida, a tuberculose e a malária se não temos serviços de saúde comunitários? Portanto, agora é preciso continuar a pressão mas não é preciso inventá-la e criá-la de novo como foi durante o primeiro ano”, afirmou.

De acordo com a OMS, o tratamento apropriado da doença pode evitar mais de 1,2 milhão de mortes até 2015.

Nos índices actuais, a cada ano surgem cerca de até 30 mil novos casos da doença.