Angola no Conselho dos Direitos Humanos

22 junho 2007

Angola inaugurou, em 18 de Junho, o seu assento no Conselho de Direitos Humanos, no término da quinta sessão desse órgão das Nações Unidas. Nesta entrevista à Rádio ONU, o embaixador de Angola na ONU, em Genebra, Arcanjo do Nascimento, falou sobre o funcionamento do conselho.

No final da sessão, o Conselho decidiu fazer uma revisão universal periódica pela qual todos os países-membros serão analisados pela sua situação dos direitos humanos.

Os 47 integrantes do Conselho de Direitos Humanos, acordaram ainda escolher o romeno Doru Romulus Costea para a presidência do órgão.

Antes do início da 5ª sessão, Rádio ONU conversou com Arcanjo do Nascimento, embaixador de Angola na ONU, em Genebra, que falou sobre o funcionamento do conselho.

“Deve-se essencialmente retirar a excessiva politização, politização essa que levou ao fracasso da antiga Comissão dos Direitos Humanos. É preciso que haja maior transparência, maior imparcialidade e não selectividade na consideração das várias situações no mundo em matéria de direitos humanos, porque de outra forma o conselho não irá alcançar os objectivos a que se propõe”, declarou.

Africa na ONU

Produção da Rádio ONU em Nova York

Apresentação: Jorge Soares

Produção: Sandra Guy, Letícia Camargo e Eduardo Costa

Direcção Tecnica: Michael Gomez

 

♦ Receba atualizações diretamente no seu email - Assine aqui a newsletter da ONU News
♦ Baixe o aplicativo/aplicação para - iOS ou Android
♦ Siga-nos no Twitter! Assista aos vídeos no Youtube e ouça a rádio no Soundcloud