UNESCO autoriza mudança de nome do Campo de Auschwitz

UNESCO autoriza mudança de nome do Campo de Auschwitz

A Organização das Nações Unidas para Educação, Ciência e Cultura, Unesco, aprovou um pedido do governo da Polônia para mudar o nome do Campo de Concentração de Auschwitz, localizado no país.

Segundo a Unesco, Auschwitz foi o principal dos seis campos de concentração e extermínio, e foi estabelecido pela Alemanha nazista para implementar a política conhecida como “Solução Final”, que pretendia assassinar em massa os judeus na Europa.

Além dos judeus foram torturados e mortos dezenas de milhares de poloneses, milhares de prisioneiros políticos de vários países da Europa e povos Roma e Sinti como também são chamados os ciganos.

Ao todo, foram assassinados em Auschwitz-Birkenau 1,2 milhão de pessoas. Cerca de 90% das vítimas eram judeus.