Pacto de Esperança

29 junho 2007

O Fundo das Nações Unidas para a Infância, Unicef, e o governo brasileiro firmaram um novo acordo para melhorar indicadores sócio-econômicos de crianças que vivem no semi-árido. Nesta entrevista à Rádio ONU, a representante do Unicef no Brasil, Marie-Pierre Poirier (foto), disse que a iniciativa quer investir, de forma integrada, no desenvolvimento de cerca de 13 milhões de crianças que vivem na região do semi-árido.~~

“O grande desafio é o de trabalhar o tema da criança de maneira articulada. De acabar com esses projetos de educação, que não sabem nada do que a saúde está fazendo, ou a concessão de uma política social que esquece o esporte, a cultura. Então, é uma grande mobilização de todas essas forças da sociedade colocando a criança como um sujeito de direito no centro das nossas preocupações”, disse.

Segundo Marie-Pierre Poirier, cerca de 1,5 mil municípios estão participando do pacto em estados do norte, nordeste e sudeste do Brasil.

“Os municípios brasileiros têm uma força incrível. Eles estão comprometidos com mudar a realidade da criança. Naturalmente, esta região do semi-árido é muito carente e frágil. Não devemos, no entanto, focalizar este aspecto, mas sim o que pode ser feito para mudar esta situação”, afirmou.

O Pacto Nacional: Um Mundo para a Criança e o Adolescente do Semi-Árido reúne além do governo, representantes da sociedade civil e autoridades locais.

Nações Unidas em Ação, programa da Rádio ONU em Nova York.

Apresentação: Mônica Valéria Grayley

Produção: Sandra Guy, Letícia Camargo e Eduardo Costa

Direção Técnica: Carlos Macías

 

♦ Receba atualizações diretamente no seu email - Assine aqui a newsletter da ONU News
♦ Baixe o aplicativo/aplicação para - iOS ou Android
♦ Siga-nos no Twitter! Assista aos vídeos no Youtube e ouça a rádio no Soundcloud