Perspectiva Global Reportagens Humanas

Angola e Nigéria são os países africanos mais afectados pela poluição

Angola e Nigéria são os países africanos mais afectados pela poluição

Um estudo da Organização Mundial da Saúde, OMS, revela que a poluição em ambientes fechados causa mais de 1 milhão de mortes por ano, o equivalente a 5% dos óbitos nos países mais afectados.

Entre os países pesquisados estão os dois mais populosos do mundo, China e Índia.

No continente africano, Angola e Nigéria aparecem entre os mais afectados pela poluição.

O especialista do Programa das Nações Unidas para o Meio Ambiente, Sérgio Jauregui, disse à Rádio ONU, de Nairobi, no Quénia, o que cada um pode fazer para proteger a qualidade do ar.

“A mensagem do Pnuma, como instituição, é sempre procurar tecnologias mais sustentáveis, que diminuam a poluição do ar, sem prejudicar o desenvolvimento económico das nações. Em questão de tecnologias mais limpas, tanto na indústria, como no transporte automotor é sempre uma premissa que o Pnuma procura seguir como princípio de desenvolvimento sustentável”, disse.

Segundo a OMS, mais de 3 biliões de pessoas, o equivalente à metade da população mundial, dependem de combustíveis sólidos e carvão para cozinhar e aquecer suas casas.

O tema da poluição do ar também está sendo debatido na sede da ONU em Nova York durante a 15ª. sessão da Comissão de Desenvolvimento Sustentável.

Nesta terça-feira, o Secretário-Geral da ONU nomeou três enviados especiais para Mudança Climática: a ex-primeiro-ministro da Noruega, Gro Harlem Brundtland, o ex-presidente chileno Ricardo Lagos e o ex-presidente da Assembleia Geral da ONU, Han Seung-so.