Secretário-Geral da ONU preocupado com violência no Líbano

Secretário-Geral da ONU preocupado com violência no Líbano

O Secretário-Geral da ONU, Ban Ki-moon, afirmou que está preocupado com choques, registados no fim de semana, entre tropas do Líbano e militantes de movimento islâmico, Fatah el-Islam. A informação é da porta-voz dele, Michele Montas.

Ele disse que as acções do Fatah el-Islam são um ataque à soberania e estabilidade do Líbano.

Analistas classificaram os últimos confrontos como os mais sangrentos, desde o fim da guerra civil em 1990.

Segundo agências de notícias, os choques causaram a morte de pelo menos 50 pessoas.

Os confrontos começaram no campo de refugiados palestinos Nahr el-Bared, em Tripoli, no norte do Líbano.

O Secretário-Geral da ONU, Ban Ki-moon elogiou a decisão de facções palestinas no Líbano em condenar os ataques ao Exército do país.

Ban Ki-moon pediu aos libaneses que se unam diante do que ele classificou de ameaças à estabilidade e segurança do Líbano.