Nações Unidas marcam dia Internacional dos Capacetes-Azuis

Nações Unidas marcam dia Internacional dos Capacetes-Azuis

O Secretário-Geral da ONU, Ban Ki-moon, dirigiu nesta terça-feira uma série de comemorações para marcar o Dia Internacional das Forças de Paz da ONU.

Segundo ele, em 2006, a ONU enviou mais de 100 mil soldados para o terreno. Nesta mensagem oficial, Ban Ki-moon explicou o papel dos capacetes-azuis.

Ban Ki-moon disse que as forças de manutenção de paz trabalham, entre outras coisas, para que refugiados e deslocados possam regressar aos seus países, para que ex-combatentes entreguem suas armas e crianças abandonem os campos de batalha e voltem à escola.

A Rádio ONU conversou com o brasileiro Rodrigo Carvalho, membro das forças de paz das Nações Unidas na Eritreia.

“Uma operação de paz é uma operação que trás para a gente uma satisfação pessoal muito grande e um enriquessimento profissional fora de série. Estar aqui neste país participando de uma missão que já vem a 5 ou 6 anos, ostentando a minha bandeira, procurando honrar o meu país, e mais, contribuindo para a paz mundial, é um motivo de grande orgulho”.

Ao todo, as missões de paz da ONU actuam em 18 países. O país com o maior número de forças de paz das Nações Unidas é a República Democrática do Congo, no centro-sul da África.