Tabaco é causa de 10% das mortes no mundo, diz OMS
BR

31 maio 2007

A Organização Mundial da Saúde, OMS, afirmou que o tabaco é a causa de 10% das mortes no mundo. O alerta foi feito no Dia Mundial sem Tabaco, marcado nesta quinta-feira pela ONU.

Neste ano, as Nações Unidas estão chamando a atenção para os perigos sofridos por fumantes passivos. De acordo com a OMS, cerca de 200 mil pessoas que nunca fumaram morrem todos os anos por causa da exposição à fumaça.

A chefe interina da equipe de controle do tabagismo da Organização Panamericana da Saúde, Vera Luiza da Costa e Silva, falou à Rádio ONU, de Washington, sobre os danos do cigarro.

“Essa fumaça além de causar os incômodos naturais, como por exemplo, irritação nos olhos e coceira na garganta, enfim, ela é muito perigosa para a saúde. Ela contém em torno de 4 mil produtos químicos dos quais 50 causam câncer. E, portanto, ela é responsável não só pelo maior risco de câncer mas também pelo maior risco de doença no coração, problemas respiratórios em crianças e em adultos”, afirmou.

Na Europa, vários países proibiram o fumo em locais públicos. Portugal está debatendo o assunto no Parlamento. Vamos saber mais detalhes sobre o debate e como o Dia Sem Tabaco foi marcado no país.

Leia o boletin da repórter Adriana Niemeyer:

“Em Portugal, várias iniciativas estão previstas para assinalar a data. Além além de palestras e encontros sobre o tema, as unidades de saúde e farmácias criarão uma zona para fumantes, dirigida, porém, àqueles que queiram deixar de fumar. Ali, eles farão um atendimento com informações especializadas de apoio e motivação ao fumante.

Acontecerão também vários rastreios em supermercados, universidades e estações de metrô para medir os níveis de monóxido de carbono liberado pelos fumantes.

O Parlamento português, por sua vez, anunciou nesta quinta-feira que está acertando os últimos detalhes do texto da Lei do Tabaco, que prevê a proibição do fumo em lugares fechados com menos de 100m2. A mesma deverá entrar em vigor ainda esta ano”.

 

♦ Receba atualizações diretamente no seu email - Assine aqui a newsletter da ONU News
♦ Baixe o aplicativo/aplicação para - iOS ou Android
♦ Assista aos vídeos no Youtube e ouça a rádio no Soundcloud