Mais de 100 mil pessoas já fugiram da capital da Somália BR

Mais de 100 mil pessoas já fugiram da capital da Somália

O Alto Comissariado das Nações Unidas para Refugiados, Acnur, calcula que a violência na Somália já obrigou mais de 100 mil pessoas a fugirem de Mogadíscio, capital do país, desde o início de fevereiro.

A informação é do porta-voz do Acnur, Ron Redmond.

Redmond disse que grande número dos deslocados está se concentrando na região de Shabelle, no sudeste do país.

Ele acrescentou que o êxodo das pessoas é comparável ao movimento humano registado há 15 anos, quando da queda do regime do ex-presidente Siad Barre que marcou o início do conflito.