ONU pede mais ajuda internacional aos refugiados do Iraque BR

ONU pede mais ajuda internacional aos refugiados do Iraque

O Alto Comissariado das Nações Unidas para Refugiados, Acnur, lançou um apelo a doadores internacionais da ordem de US$ 60 milhões para assistência a refugiados e deslocados internos do Iraque.

Guterres passou o fim-de-semana em Bagdá, onde debateu formas de aumentar a atuação do Alto Comissariado das Nações Unidas para Refugiados no país.

De acordo com o porta-voz do Acnur, William Spindler, a situação destes refugiados, que se concentram na Síria e Jordânia, é crítica.

“As crianças têm acesso muito limitado à escola. Os serviços médicos não são suficientes. Não há muitas possibilidades de trabalho. Muitas pessoas vivem na indigência total. É uma situação verdadeiramente crítica”, disse.

Diante desta realidade, William Spindler destaca a importância da cooperação internacional.

“A comunidade internacional deve mostrar solidariedade para com países como a Síria e a Jordânia, que têm atendido essas pessoas. São mais de um milhão de refugiados iraquianos. É uma situação muito difícil. São países que não têm meios para enfrentar essa situação. Então, é muito importante que a comunidade internacional ajude”, ressaltou Spindler.

NO dia 17 de abril, o Acnur promove um encontro internacional em Genebra, na Suíça, para debater a assistência aos refugiados do Iraque.