ONU destaca desempenho económico de Angola e Moçambique

ONU destaca desempenho económico de Angola e Moçambique

Um relatório da Comissão Económica das Nações Unidas para a África, Cepa, divulgado nesta terça-feira, indica que em 2007 haverá um aceleramento modesto das economias dos países do continente.

Angola e Moçambique figuram entre os 10 países que registaram melhor desempenho. Angola com 17,6% foi o segundo em ordem decrescente – depois da Mauritânia -, enquanto Moçambique foi o sétimo com 7,9%.

O documento conclui que para atingir os Objectivos do Desenvolvimento do Milénio, ODMs, as nações africanas precisam adoptar medidas capazes de aumentar a produtividade e reduzir os problemas sociais, incluindo a pobreza e o desemprego.

O relatório constata que as economias africanas continuam muito dependentes das matérias primas, em especial do petróleo, minério e produtos agrícolas, que dominam as exportações.

O economista da ONU, Eloho Otobo, disse em conferência de imprensa que é chegada a hora dos países do continente africano investirem na diversificação das suas economias.

A Comissão Económica da ONU para a África destaca que a concretização de ajudas prometidas pelos países desenvolvidos e o alívio da dívida externa, permitirão reforçar o investimento em infra-estruturas e serviços sociais.

A Cepa sugere aos países africanos a consolidação da gestão macroeconómica com reformas dos sistemas fiscal e monetária para reduzir a inflação, para além de incentivos ao investimento privado.