Conselho de Segurança renova mandato da Missão da ONU na RD Congo

Conselho de Segurança renova mandato da Missão da ONU na RD Congo

O Conselho de Segurança estendeu por mais um mês o mandato da Missão das Nações Unidas na República Democrática do Congo, Monuc.

A Missão foi estabelecida em 2000 para assegurar a manutenção de paz na República Democrática do Congo, que viveu cinco anos de guerra entre 1998 e 2003.

A Monuc considera importante o papel das Nações Unidas na fase pós conflito, como explica o assistente do representante especial adjunto do Secretário-Geral da ONU, Helder de Barros.

“A Monuc ainda tem tarefas a desenvolver no sentido de ajudar as novas autoridades a prosseguir com o processo de reconciliação, processo de democratização, portanto o estabelecimento de uma extensão da autoridade do Estado às zonas onde essa autoridade não se faz sentir, e assistência às autoridades na reforma do exército. São algumas das áreas em que a Missão irá particularmente debruçar nesta fase de assistência às autoridades da República Democrática do Congo.”

O órgão da ONU debateu ainda o impacto do terrorismo na segurança mundial, e condenou os ataques a bomba em Bagdad, capital do Iraque.

Uma das explosões atingiu o prédio do Parlamento iraquiano, provocando a morte de oito pessoas, entre elas três deputados. Outros 10 congressistas resultaram feridos.