Programa nuclear do Irã não é transparente, diz Aiea BR

Programa nuclear do Irã não é transparente, diz Aiea

A Agência Internacional de Energia Atômica, Aiea, discutiu em Viena, na Áustria, questões de segurança e verificação de programas nucleares. Dois dos casos analisados são Irã e Coréia do Norte.

A porta-voz da Aiea, Melissa Flemming, disse que a agência espera o fim negociado do impasse com o Irã.

Flemming disse que o diretor-geral da Aiea, Mohamed El-Baradei, tem contatado autoridades iranianas e os países-membros permanentes do Conselho de Segurança para discutir uma retomada das conversações.

Num relatório, El-Baradei, disse que a situação se tornou uma espécie de círculo vicioso. Segundo ele, as autoridades de Teerã, nos últimos 20 anos, estariam violando suas obrigações estabelecidas pelo Tratado de Não-Proliferação de Armas Nucleares.

A Aiea, no entanto, elogiou a situação da Coréia do Norte, que anunciou a promessa de desativar um de seus maiores reatores atômicos.

O governo norte-coreano convidou El-Baradei para visitar as instalações nucleares do país em 13 de março.