Ana Paula Neto, 05/03/07

Ana Paula Neto, 05/03/07

Vice-ministra da Família e de Promoção da Mulher de Angola explica medidas em defesa da mulher no país africano.

Cerca de duas mil pessoas estão reunidas na sede da ONU para participar de debates sobre o Estatuto da Mulher.

O evento faz parte do programa da 50ª sessão da Comissão da ONU sobre o tema.

Durante os debates, mulheres e meninas contaram experiências vividas em conflitos armados e casos de violação.

A vice-ministra da Família e de Promoção da Mulher, de Angola, Ana Paula Neto, falou à Rádio ONU, sobre as medidas em defesa da mulher no país africano.

“È um problema de conjuntura. Nós estamos a reconstruir o país, a construir escolas, mais centros de formação, e também a fazer a sensibilização em nível nacional. Todo o resto está a ser feito. A mudança de mentalidades se faz a médio e longo prazos, portanto, é preciso ter paciência para que se possa trabalhar para a evolução desses aspectos”, afirmou.

Os debates na sede da ONU devem terminar nesta sexta-feira.