Mulheres jornalistas enfrentam perigo nos territórios palestinos, diz Unesco

Mulheres jornalistas enfrentam perigo nos territórios palestinos, diz Unesco

Um programa apoiado pela Organização das Nações Unidas para Educação, Ciência e Cultura, Unesco, revela que mulheres jornalistas na Faixa de Gaza e na Cisjordânia, nos territórios palestinos, enfrentam perigos no exercício da profissão.

Segundo as profissionais, elas teriam recebido pressão política além de dificuldades de movimento para a cobertura jornalística sobretudo à noite.

As jornalistas dizem ainda que não recebem protecção, e que não existe cuidado médico para os profissionais feridos no exercício da actividade.