Circuncisão & HIV

30 março 2007

A Organização Mundial da Saúde, OMS, informou que a circuncisão masculina ajuda a prevenir o risco de contaminação com o vírus da Aids, HIV. Um estudo realizado com homens africanos mostrou que a possibilidade de contaminação pode ser eliminada em até 60%. A Rádio ONU conversou com o médico Marco Vitória da OMS em Genebra.

O médico do Departamento de HIV/Aids da OMS, Marco Vitória, disse à Rádio ONU, de Genebra, que a prática não deve ser vista como um método de prevenção 100% seguro.

“A circuncisão masculina mostrou-se efetiva em estudos realizados na África, mas sua aplicação deve ser vista, primeiro, dentro de um pacote como uma opção a ser somada às que já existem. E também levando em conta se isso é factível dentro do contexto de infra-estrutura e sócio-cultural dos países que estão considerando seu uso”, explicou.

Vitória também falou sobre os próximos passos na área de saúde, em se considerando a circuncisão como uma das formas de combate ao HIV.

“Uma mensagem muito importante é que nós temos que realmente ver, dentro do serviço de saúde, a capacidade para se realizar isso. Como trabalhar essa questão da circuncisão, sem reduzir, obviamente, o uso de outras medidas que são categoricamente bem estabelecidas em qualquer contexto. Como, por exemplo, o caso de uso de camisinhas tendo em conta como nós vamos incluir a circuncisão masculina como parte de um pacote preventivo global”, disse.

O estudo da OMS, realizado em parceria com o Programa Conjunto das Nações Unidas sobre HIV/Aids, Unaids, revela que homens não-circuncidados estão sujeitos a mais contaminações e bactérias.

Os países analisados na pesquisa foram Quênia, Uganda e África do Sul.

Atualmente, 665 milhões de homens, o equivalente a um terço da população masculina mundial, são circuncidados. Mas segundo a OMS, é necessário estar atento à prática, que se feita sem os devidos cuidados de higiene, pode acabar num problema de saúde.

Nações Unidas em Ação, produção Rádio ONU em Nova York

Apresentação: Monica Valeria Grayley

Produção: Sandra Guy, Kacy Lin e Camilla Menezes

Direção Técnica: Carlos Macías

 

♦ Receba atualizações diretamente no seu email - Assine aqui a newsletter da ONU News
♦ Baixe o aplicativo/aplicação para - iOS ou Android
♦ Assista aos vídeos no Youtube e ouça a rádio no Soundcloud