Atriz Mia Farrow apela por segurança de refugiados no Chade
BR

27 fevereiro 2007

A atriz de Hollywood, Mia Farrow (à direita, na foto), apresentou a jornalistas na sede da ONU em Nova York um relato de sua visita a campo de refugiados no Chade e na República Centro-Africana.

Nesta terça-feira, o Conselho de Segurança está discutindo a portas fechadas a recomendação do Secretário-Geral da ONU, Ban Ki-moon, de enviar uma tropas de paz ao Chade e à República Centro-Africana.

Antes da reunião do Conselho, o diretor para Assuntos Políticos do Gabinete do Secretário-Geral da ONU, Carlos Lopes, falou à Rádio ONU sobre o papel que as tropas desempenhariam.

“Dessa forma estabiliza-se melhor a situação e se pode proteger melhor os refugiados que são muitos. Dessa forma, os refugiados podem ter uma zona em que estão completamente a salvo. Isto é uma força diferente daquela que eventualmente irá intervir em Darfur”, disse.

Farrow que é embaixadora da Boa Vontade do Fundo das Nações Unidas para Infância, Unicef, pediu à comunidade internacional que proteja os refugiados. Segundo o Unicef, 85% deles são mulheres e crianças.

A província de Darfur, no oeste do Sudão, vive um conflito civil entre grupos rebeldes, milícias e tropas do governo. Segundo a ONU, mais de 200 mil pessoas já morreram e 2,5 milhões estariam deslocados pelo conflito.

Por causa da violência, os sudaneses estão fugindo para os países vizinhos.

Ainda nesta terça-feira em Genebra, a agência de refugiados da ONU, Acnur, pediu à comunidade internacional que ajude com mais de US$ 6 milhões a socorrer dezenas de milhares de deslocados internos no leste do Chade.

 

♦ Receba atualizações diretamente no seu email - Assine aqui a newsletter da ONU News
♦ Baixe o aplicativo/aplicação para - iOS ou Android
♦ Siga-nos no Twitter! Assista aos vídeos no Youtube e ouça a rádio no Soundcloud