ONU elogia nomeação de primeiro-ministro na Guiné

ONU elogia nomeação de primeiro-ministro na Guiné

O Secretário-Geral da ONU, Ban Ki-moon, saudou a indicação de Lansana Kouyaté para chefiar governo do país africano.

O anúncio da indicação do novo primeiro-ministro, um ex-funcionário da ONU, foi feito na segunda-feira.

Lansana Kouyaté é considerado um nome de consenso após o acordo alcançado entre líderes trabalhistas e a sociedade civil.

A medida colocou fim a semanas de greve e tumultos na capital Conacri.

Kouyaté substituirá Eugene Camara.

Ban Ki-moon pediu à população que apóie o novo premiê e que trabalhe para construir a paz e a prosperidade duradouras no país.

O Secretário-Geral da ONU também pediu à comunidade internacional que aumente sua cooperação econômica com o novo governo com o objetivo de alcançar o consenso anunciado.

Ainda de acordo com Ban, a cooperação econômica poderia também permitir o processo de reforma e os esforços do país para aliviar a pobreza, promover o desenvolvimento, a boa governança e o respeito pelos direitos humanos e pelo estado de direito.

O Secretário-Geral afirmou que está acompanhando de perto os desenvolvimentos na Guiné através de seu representante especial para a África Ocidental, Ahmedou Ould-Abdallah.

Ban saudou a papel de mediação na crise desempenhado pela Comunidade Econômica dos Estados da África Ocidental (Ecowas, na sigla em inglês).

Ould-Abdallah deverá retornar à Guiné nesta semana.