Missão adverte funcionários sobre possíveis incidentes no Sudão

28 fevereiro 2007

A Missão das Nações Unidas no Sudão, Unmis, emitiu uma nota manifestando preocupação com a segurança dos seus funcionários, após a divulgação por um tribunal da ONU do nome de dois suspeitos de participação em crimes de guerra na província de Darfur, no oeste do Sudão.

Zenhoun disse que os funcionários foram advertidos sobre a possibilidade de represálias à ONU porque o Tribunal Penal Internacional é visto como parte das Nações Unidas.

Nesta terça-feira, o tribunal divulgou o nome do ministro sudanês para Assuntos Humanitários, Ahmed Mohammed Haroun, e um líder da milícia Janjaweed, Ali Muhammad Ali Abd al-Rahman, como suspeitos de envolvimento em crimes de guerra e contra a Humanidade.

 

♦ Receba atualizações diretamente no seu email - Assine aqui a newsletter da ONU News
♦ Baixe o aplicativo/aplicação para - iOS ou Android
♦ Assista aos vídeos no Youtube e ouça a rádio no Soundcloud