Bill Gates doa US$ 3 milhões ao Unicef para luta contra malária em África

Bill Gates doa US$ 3 milhões ao Unicef para luta contra malária em África

As Nações Unidas receberam da Fundação Bill e Melinda Gates um donativo de US$3 milhões para o reforço da campanha contra a malária em África.

A ONU diz que em cada 30 segundos morre uma criança devido à malária.

Ann Veneman, directora-executiva do Fundo das Nações Unidas para a Infância, Unicef, destacou a importância do donativo.

Veneman destacou o poder das parcerias em defesa das crianças a nível mundial.

Ela enalteceu a integração da cooperação contra a malária seja a nível do trabalho dos operadores no terreno distribuindo mosquiteiros, ou através de ajuda financeiras de organizações como a Associação de Basketball dos Estados Unidos, NBA, e da mídia que vem alertando para a gravidade dos problemas e angariando fundos.

Guy Clarysse, responável do Programa de Saúde e Nutrição do Unicef em Angola, falou à Rádio ONU, de Luanda, sobre a situação da malária no país.

“Podemos considerar a malária como a causa número 1 de mortalidade de crianças menores de cinco anos. Podemos dizer que é também uma das importantes causas de mortalidade materna”, disse Clarysse.

O Unicef pretende distribuir mais de 23 milhões de mosquiteiros durante 2007, o que poderá salvar a vida de mais de 138 mil pessoas.