Vice-secretária-geral indicada chega à sede para consultas BR

Vice-secretária-geral indicada chega à sede para consultas

A vice-secretária-geral das Nações Unidas, a tanzaniana Asha-Rose Migiro, chegou nesta segunda-feira à sede da ONU, após ser indicada pelo Secretário-Geral Ban Ki-moon para o cargo.

A ministra-adjunta de Cabo Verde para a Comunicação Social, Sara Lopes, disse à Rádio ONU, da capital do país, Praia, que a escolha de Migiro é um passo importante para a África como um todo.

“A secretária-geral ser uma africana vai fazer com que a África não só continue na agenda da diplomacia internacional, mas que alguns aspectos sejam efetivamente mantidos em conta. Estou a pensar nesse momento nos objectivos do milênio que são muitos. Eu tenho defendido, muitas vezes, que os objectivos do milênio deveriam a passar a ser novos, ou seja, a boa governação é um dos factores do subdesenvolvimento do continente africano”, disse.

Migiro é a segunda mulher na história da ONU a ocupar o cargo de vice- secretária-geral. A primeira foi a canadense Louise Fréchette, que atuou como vice de Kofi Annan.