Líder da oposição da Guiné-Bissau tem mandado de prisão suspenso

29 janeiro 2007

O representante do Secretário-Geral das Nações Unidas em Guiné-Bissau, Shola Omorigie, informou que o governo guineense decidiu suspender a ordem de prisão contra o ex-primeiro-ministro, Carlos Gomes Júnior (foto).

“A decisão foi anunciada no Sábado com o levantamento do mandado de captura a Carlos Gomes Júnior, pelo Governo da Guiné-Bissau. Entretanto, o senhor Carlos Gomes ficou ainda nas instalações das Nações Unidas até hoje, mas o Onugbis recebeu uma carta do Ministério da Justiça confirmando o levantamento. Carlos Gomes está neste momento a abandonar as instalações da ONU na Guiné-Bissau”, disse Monteiro.

O representante do secretário-geral da ONU na Guiné-Bissau, acrescentou que o Governo do país pediu ao dirigente do Paigc que colabore com a Justiça.

 

♦ Receba atualizações diretamente no seu email - Assine aqui a newsletter da ONU News
♦ Baixe o aplicativo/aplicação para - iOS ou Android
♦ Assista aos vídeos no Youtube e ouça a rádio no Soundcloud