Ter vida digna é condiçao fundamental dos direitos humanos – diz Annan

Ter vida digna é condiçao fundamental dos direitos humanos – diz Annan

As Nações Unidas estão a utilizar as celebrações do Dia Internacional dos Direitos Humanos para destacar a necessidade de se priorizar o combate à pobreza como uma vertente importante dos direitos fundamentais.

Vegard Dye, Chefe do Escritório da ONU para os Direitos Humanos em Angola, falou à Rádio ONU sobre as conquistas e os desafios em África.

“ Há alguns indicadores muito positivos para a África, neste momento. Em primeiro lugar temos países que estiveram, durante muitos anos, em guerra e em violência terrível e que agora estão no processo de paz. As eleições na República Democrática do Congo é o último exemplo disso.”

Em relação a Angola, Vegard Dye acha que a conquista maior é a paz que é um avanço para qualquer país do continente africano, embora existe um longo caminho a percorrer, como ele explica.

“Falta ainda, por exemplo, uma divisão mais efectiva de poderes do Estado, divisão entre partido governante e o Estado. Também há um grande problema no acesso à Justiça. Enfim, temos uma série de problemas políticos por consolidar.”

Para as Nações Unidas, o desenvolvimento, segurança e direitos humanos andam a par.

Kofi Annan considera ainda que onde há famílias inteiras que procuram subsistir com menos de um dólar por dia, ou crianças que morrem por falta de cuidados básicos, a Declaração dos Direitos Humanos é ignorada.