Unicef diz que bem-estar de crianças depende de igualdade de gênero BR

Unicef diz que bem-estar de crianças depende de igualdade de gênero

Um relatório do Fundo das Nações Unidas para a Infância, Unicef, sugere que o bem-estar das crianças depende da igualdade de gênero e do fim da discriminação a mulheres.

A representante do Unicef no Brasil, Marie-Pierre Poirier elogiou os avanços obtidos no país, mas disse que ainda há bastante trabalho a ser feito em três frentes: educação, participação política e tratamento pré-natal.

“Mais da metade das mulheres grávidas no Brasil não têm o acompanhamento pré-natal necessário. E isso é pior no norte. Este é um tema preocupante porque o pré-natal ajuda a mulher fazendo cair a mortalidade materna e ajuda o bebê”, afirma.

Marie-Pierre Poirier afirma que um outro ponto de preocupação do relatório é a violência doméstica contra meninas e mulheres.

“No Brasil os dados de 2005 que saem do Centro de Referência para a Violência Doméstica, Abuso e Exploração Sexual do nosso programa Sentinela mostram que dos 28 mil casos de violência contra crianças e adolescentes realmente três vezes mais meninas são vítimas do abuso sexual comparado a meninos e 90% dos casos de violência física os agressores são os próprios parentes”, disse.

O relatório do Unicef também marca o aniversário de 60 anos da organização, que atua em pelo menos 156 países.