Conselho de Segurança apoia força mista de paz para Darfur

Conselho de Segurança apoia força mista de paz para Darfur

O Conselho de Segurança das Nações Unidas manifestou o seu apoio unânime à criação de uma força mista para o processo de paz na região sudanesa de Darfur, formada por tropas da ONU e da União Africana.

Carlos Lopes, director para os Assuntos Políticos do Gabinete do Secretário-Geral, explicou à Rádio ONU a complexidade da proposta.

“Para que se possa chegar a esse ponto, é preciso um processo político e esse processo político precisa que países que contribuem para as forças de manutenção da paz aceitem mandar as suas tropas. Todos est es dados que são muito complexos - para já não falar do financiamento, das aprovações do Conselho de Segurança, do formato e do relacionamento que tem que existir entre e a Uniao Africana e as Nações Unidas – são coisas complexas que o Secretário-Geral tenta no seu âmbito conseguir aprovar”.

Por outro lado, as agências humanitárias anunciaram a retirada de 71 funcionários da cidade sudanesa de Gereida, na região de Darfur, devido a confrontos na região.

A ONU informou que cerca de 20 homens armados realizaram, na noite de segunda-feira, o maior ataque à operação humanitária em Darfur.

Segundo as agências das Nações Unidas, os rebeldes capturaram dezenas de veículos e equipamentos de comunicação, quase paralisando as operações humanitárias.