Colômbia deve fazer mais para combater criminalidade, diz Unodc
BR

21 dezembro 2006

O Escritório das Nações Unidas contra Drogas e Crime, Unodc, disse que o governo da Colômbia deve fazer mais para combater o crime organizado e o tráfico de armas no país.

O diretor-executivo da agência da ONU, Antonio Maria Costa, citou o exemplo do músico e ativista da paz, Cesar Lopez, que propõe a troca de armas de fogo por guitarras. E disse que esta é uma forma criativa de combater o problema.

Segundo Costa, com mais ativistas como Lopez e com maior controle doméstico e cooperação internacional, a Colômbia e o resto do mundo poderão ter mais guitarras e menos armas.

O país sul-americano vive um conflito civil entre grupos rebeldes, tropas do governo e grupos paramilitares há mais de quatro décadas, e tem também um dos maiores índices de casos de seqüestro no mundo.

 

♦ Receba atualizações diretamente no seu email - Assine aqui a newsletter da ONU News
♦ Baixe o aplicativo/aplicação para - iOS ou Android
♦ Assista aos vídeos no Youtube e ouça a rádio no Soundcloud