ONU condena violência contra jornalistas em zonas de conflito BR

ONU condena violência contra jornalistas em zonas de conflito

O Conselho de Segurança das Nações Unidas adotou uma resolução condenando agressões e atentados contra jornalistas em zonas de conflito.

O embaixador grego Adamantios Vassalakis ressaltou que a medida do órgão máximo da ONU “manda uma mensagem clara, defendendo o direito de proteção de jornalistas" de acordo com as leis internacionais.

- Este esforço conjunto da Grécia e França é uma iniciativa para aumentar a consciência internacional sobre o perigo crescente a que os profissionais da mídia estão expostos em zonas de conflito. Este é um importante primeiro passo na direção certa, declarou o embaixador Vassalakis.

O embaixador da França na ONU, Jean-Marc de La Sabliere, lembrou que a proteção de jornalistas é essencial para garantir a liberdade de expressão. Sabliere destacou ainda que, em 2006, 70 jornalistas morreram só no conflito armado do Iraque.