Venezuela e Guatemala abrem caminho ao Panamá no Conselho de Segurança
BR

2 novembro 2006

Os governos da Venezuela e da Guatemala retiraram suas candidaturas a uma vaga não-permanente no Conselho de Segurança para dar lugar ao Panamá.

Segundo o embaixador panamenho Ricardo Alberto Arias, o acordo é motivo de orgulho para seu país.

O embaixador do Panamá disse que seu país aceitou a indicação para promover união na região. Segundo ele, o Panamá não estava buscando assumir este tipo de responsabilidade, uma vez que tem outras tarefas.

Venezuela e Guatemala disputaram a vaga em 47 rodadas de votação, nas quais a Guatemala obteve a maioria dos votos, mas sem atingir o mínimo para a vitória.

O vice-embaixador da Missão do Brasil na ONU, Piragibe Tarrago, disse que a escolha do Panamá finaliza um impasse, que durou semanas.

“A disputa entre a Guatemala e a Venezuela vinha consumindo as energias do grupo nesses últimos dias. Inclusive, no mais alto nível com nosso ministro das Relações Exteriores do Brasil, chanceler Celso Amorim, fazendo contatos quase diários com os chanceleres colegas seus da Guatemala e Venezuela e outros da região no sentido de buscar uma solução para esse impasse”, disse Tarrago.

Para Piragibe Tarrago, apesar da divisão inicial, o grupo latino-americano e caribenho, sai fortalecido.

“A divisão acho que houve já no momento em que se instalou o impasse no qual a Guatemala e a Venezuela não reuniam forças suficientes para se estabelecer como nome de consenso. Mas a região provou também que tem condições de superar essas divisões, e esse foi o resultado dessa negociação direta entre as duas partes, com o beneplácito do grupo latino-americano e caribenho”, afirmou.

Com a eleição do Panamá será finalizada a escolha do grupo de cinco novos membros não-permanentes do Conselho de Segurança.

Os novos países-membros do conselho atuarão no biênio 2007-2008.

 

♦ Receba atualizações diretamente no seu email - Assine aqui a newsletter da ONU News
♦ Baixe o aplicativo/aplicação para - iOS ou Android
♦ Siga-nos no Twitter! Assista aos vídeos no Youtube e ouça a rádio no Soundcloud