Vítima Ambiente

10 novembro 2006

Segundo as Nações Unidas, o Meio Ambiente tem sido uma das vítimas mais esquecidas dos conflitos armados.

As Nações Unidas celebram a 6 de Novembro o Dia Internacional para a Prevenção da Exploração do Meio Ambiente em Guerras e Conflitos Armados, com o objectivo de combater os efeitos nefastos da destruição da Natureza.

Rádio ONU conversou com António Prado, encarregado de Políticas e Comércio do Fórum das Nações Unidas para as Florestas, sobre a relação entre o meio ambiente e os conflitos armados:

“Se você for olhar só para conflitos armados, em geral, o que se observa nos países onde os recursos florestais desempenham um papel importante – aonde há esses conflitos -, a questão tem muito a ver com o uso dos recursos – para financiar as guerras e os conflitos”.

Por seu lado, Ismael Martins, embaixador de Angola junto das Nações Unidas, falando à Rádio ONU, destacou o impacto de uso de armas bacteriológicas e minas anti-pessoas, durante as sucessivas guerras no seu país.

Ismael Martins afirma que Angola é tido por um dos países mais minados do mundo e ele acha que o problema vai carecer de uma acção prolongada do actual e futuros governos do país.

“São efeitos nefastos que vão afectar a nossa capacidade de produzir alimentos. E não falemos ainda dos efeitos nos nossos mares e rios”, acrescentou o embaixador Ismael Martins.

 

♦ Receba atualizações diretamente no seu email - Assine aqui a newsletter da ONU News
♦ Baixe o aplicativo/aplicação para - iOS ou Android
♦ Siga-nos no Twitter! Assista aos vídeos no Youtube e ouça a rádio no Soundcloud