Conselho de Segurança debate drama de crianças-soldado no mundo BR

Conselho de Segurança debate drama de crianças-soldado no mundo

O Conselho de Segurança da ONU reuniu-se em Nova York para debater o drama das crianças-soldado em todo o mundo. Numa mensagem ao conselho, o Secretário-Geral da ONU, Kofi Annan, afirmou que várias medidas foram tomadas, somente no ano passado, para deixar claro que crimes contra crianças não ficarão mais impunes.~

Marta Santos Pais, do Instituto Innocentti, do Unicef na Itália, disse à Rádio ONU, de Roma, que a discussão ajuda a conscientizar a população para a questão.

“Esse é um fato em si mesmo muito importante porque leva consigo a uma pressão da opinião pública para que possamos prevenir situações de recrutamento de crianças como soldados e possamos garantir que elas tenham direito a uma infância feliz. E que não estejam sujeitas à situação de exploração ou de risco desnecessário”, afirmou.

De acordo com a Organização Crianças-Soldado, mais de 250 mil menores estão envolvidos ativamente em situações de conflitos armados. O caso mais grave é o da África com cerca de 100 mil crianças.

A Convenção 182 da Organização Mundial do Trabalho, OIT, prevê que o envolvimento de crianças em conflitos armados é uma das piores formas de trabalho infantil.