Jan Egeland diz que violência no Iraque tem que acabar
BR

29 novembro 2006

O subsecretário-geral de Assistência Humanitária da ONU, Jan Egeland (foto), afirmou que a violência no Iraque é absurda e tem que terminar. Egeland concedeu sua última entrevista a órgãos de imprensa, em Genebra, antes de deixar o cargo em dezembro.

O subsecretário-geral também falou sobre o número de pessoas que ficam traumatizadas com a situação da violência. Segundo ele, para cada 100 mortos, existem mais de 1 mil familiares e amigos que sofrem com a perda de vidas.

Jan Egeland também lembrou o atentado, de 19 de agosto de 2003, à sede da ONU em Bagdá, que matou 22 pessoas incluindo o brasileiro Sérgio Vieira de Mello.

 

♦ Receba atualizações diretamente no seu email - Assine aqui a newsletter da ONU News
♦ Baixe o aplicativo/aplicação para - iOS ou Android
♦ Assista aos vídeos no Youtube e ouça a rádio no Soundcloud