ONU alerta para agravamento dos conflitos africanos

29 novembro 2006

As Nações Unidas pedem à comunidade internacional para assumir um papel mais activo em relação aos conflitos em Chade, Darfur, no Sudão, e República Centro Africana que podem vir a converter-se em crise regional.

Jean Egeland adiantou que a ONU deve trabalhar em conjunto com os seus Estados membros para pressionar tanto o governo do Sudão como os rebeldes, assim como os países vizinhos, no sentido de deter o desastre humano na região.

Egeland para quem o mundo acordou tarde e fez muito pouco até agora para a procura da paz em Darfur, defendeu a criação de uma força internacional de paz credível, capaz de proteger a população civil, e levar todas as partes à mesa de negociações.

O conflito, considerado a pior situação humanitária no mundo pelas Nações Unidas, provocou já 200 mil mortos e mais de 2,5 milhões de deslocados e refugiados.

 

♦ Receba atualizações diretamente no seu email - Assine aqui a newsletter da ONU News
♦ Baixe o aplicativo/aplicação para - iOS ou Android
♦ Assista aos vídeos no Youtube e ouça a rádio no Soundcloud