Há mais de 300 mil crianças combatentes em conflitos armados
BR

25 outubro 2006

Um estudo realizado pela Universidade das Nações Unidas indica que mais de 300 mil menores de idade atuam como soldados em cerca de 30 conflitos armados em andamento pelo mundo.

O estudo, coordenado por Vesselin Popovski, especialista em legislação humanitária da Universidade das Nações Unidas, também argumenta que processar os combatentes menores de idade em cortes internacionais seria vitimar duas vezes estas crianças.

 

♦ Receba atualizações diretamente no seu email - Assine aqui a newsletter da ONU News
♦ Baixe o aplicativo/aplicação para - iOS ou Android
♦ Assista aos vídeos no Youtube e ouça a rádio no Soundcloud