Nepad faz 5 anos

27 outubro 2006

A Nova Parceria para o Desenvolvimento da África, Nepad, a organização criada para juntar os países africanos na senda do desenvolvimento, comemorou este mês, os 5 anos de existência.

Firmino Mucavele, director-executivo do Nepad, falou para a Rádio Onu, sobre o ambiente em que a organização se desenvolve hoje:

“De uma maneira geral, há portanto uma série de condições que estão dadas, para a criação da paz. Por outro lado, há também aquilo que nós chamamos de Mecanismo Africano de Revisão de Pares, o APRM, está a funcionar agora com 26 países, dos quais três já foram completamente revistos – como são os casos do Gana, do Ruanda e do Quénia. Estão agora no painel outros seis países que estão sendo revistos. Este processo todo trouxe uma nova dinâmica da governação em África”.

Firmino Mucavele, em entrevista para a Rádio ONU, descreveu a estrutura e os objectivos do Nepad:

“É uma moldura que tem três partes fundamentais: a primeira parte é a que chamamos de condições necessárias para o desenvolvimento da África, que inclui a paz, a estabilidade e a segurança. É o que consideramos como sendo condição necessária. A segunda parte, é a boa governação, em são todas as suas dimensões: a dimensão política portanto uma boa governação política; também estamos a referir à governação das cooperações; estamos a referir aos sistemas de desenvolvimento e de macroeconomia nacional. É aquilo que chamamos, de mobilização de recursos para o desenvolvimento.

Mais do que isso. A coisa que é muito importante é a criação de instituições ligadas à metas, como por exemplo o ‘Investment Climate Facility’ (ICF) que é uma espécie de mecanismo para criação de condições favoráveis às boas políticas macroeconómicas para o investimento em África, que fizemos com os nossos parceiros de desenvolvimento. Também a criação de um mecanismo para o financiamento das infra-estruturas que é aquilo que chamamos o consórcio de Estados de companhias que queiram trabalhar mais nas áreas de infraestrutura”.

O relacionamento é só com governos também com organizações privadas?

O Nepad lida também com organizações privadas, com negócios, com governos e organizações profissionais. Podem ser académicas ou não académicas.

E onde é que o Nepad vai buscar os fundos?

“Nós instituímos o que chamamos Plano de Acção Africano, nas seis áreas de prioridades e fizemos o orçamento em US$110 bilhões para este ano, dos quais os governos já puseram US$37 bilhões, para o investimento nessas seis áreas. O sector privado africano pôs US$30 bilhões nos diversos investimentos de negócios, o que totaliza US$67 bilhões de dólares. Temos uma falta de 43 bilhões que vamos buscar nos países desenvolvidos, no G-8 e parceiros de África”.

 

♦ Receba atualizações diretamente no seu email - Assine aqui a newsletter da ONU News
♦ Baixe o aplicativo/aplicação para - iOS ou Android
♦ Siga-nos no Twitter! Assista aos vídeos no Youtube e ouça a rádio no Soundcloud