Refugiados senegaleses na Gambia recebem ajuda do Acnur

31 outubro 2006

O Alto Comissariado das Nações Unidas para Refugiados, Acnur, revelou nesta terça-feira, que mais de 800 pessoas originárias do Senegal cruzaram a fronteira com a Gambia, elevando, desde Agosto último, para 6,2 mil o número de deslocados na região de Sibanore.

Jennifer Pagonis disse que a movimentação dos civis para a Gambia está a ocorrer devido a esporádicos confrontos no sudeste do Senegal, entre o exército governamental e forças rebeldes da província de Casamansa.

O Acnur informou que está a trabalhar em colaboração com a Cruz Vermelha gambiana, agência que está a distribuir a assistência humanitária aos refugiados.

O Unicef também está a trabalhar com os refugiados senegaleses em território gambiano, promovendo programas de educação sanitária e de prevenção contra minas anti-pessoais.

 

♦ Receba atualizações diretamente no seu email - Assine aqui a newsletter da ONU News
♦ Baixe o aplicativo/aplicação para - iOS ou Android
♦ Assista aos vídeos no Youtube e ouça a rádio no Soundcloud