África vai ser seriamente penalizada com o aquecimento da Terra

31 outubro 2006

A Organização das Nações Unidas revelou que o aquecimento global foi 4% entre 2000 e 2004. Nesse ritmo, até o fim do século, o aumento da temperatura média da Terra será de cinco graus Celsius.

Estes números revelados ao cair do pano do Ano Internacional dos Desertos e Desertificação apresentam um redobrar das preocupações em relação ao continente africano.

Segundo as Nações Unidas, o índice de aquecimento do planeta pode levar a um aumento das secas, assim como crescimento do nível dos mares, que afectariam a produção de alimentos e as fontes de água potável.

O Secretário-Geral da ONU, Kofi Annan, durante uma conferência na Georgetown University falou dos desafios de África.

Kofi Annan lamentou os atrasados provocados pela pobreza e por causas naturais, agravadas por novas calamidades, como a epidemia do Sida.

Por outro lado, a OMS calcula que as diarreias infantis — uma das maiores causas mundiais de mortalidade de crianças — aumentariam em até 10%, em razão do maior número de enchentes e da escassez de água potável.

Os relatórios das Nações Unidas estão sendo divulgados em meio aos preparativos dos países para uma nova ronda de negociações sobre o clima, a decorrer este mês, em Nairobi, Quénia.

 

♦ Receba atualizações diretamente no seu email - Assine aqui a newsletter da ONU News
♦ Baixe o aplicativo/aplicação para - iOS ou Android
♦ Assista aos vídeos no Youtube e ouça a rádio no Soundcloud