Divisão digital

15 setembro 2006

Os países menos avançados, PMA, estão a reduzir o fosso digital no mundo, revela um relatório da União Internacional das Telecomunicações, UIT, lançado em Nova Iorque.

Macanze referiu-se ao papel da telefonia móvel no desenvolvimento das comunidades rurais.

“A telefonia móvel permite um maior acesso a locais remotos onde o investimento em telefonia fixa continua a ser extremamente dispendioso. As comunidades que vivem nesses locais podem agora ter uma maior participação na vida dos seus países, particularmente no acesso à informação”.

O documento da UIT salienta que pequenos países insulares como Cabo Verde e Maldivas lideraram a luta pela redução da divisão digital que separa os países ricos dos em vias de desenvolvimento.

Mas o documento indica que os PMAs continuam a enfrentar sérios desafios, incluindo uma legislação pesada e antiquada, escassez de infraestruturas tecnológicas e instabilidade política.

Na entrevista ao “África na ONU, Jamo Macanze afirma que chegou a altura dos países menos avançados investirem mais na tecnologia sem fio.

“Acho que o grande desafio deve ser uma aposta na tecnologia sem fio. Porque é ela que irá permitir um maior acesso às zonas rurais. Também é importante que os investimentos nas redes de telefonia móvel permitam o acesso à internet. Seria um grande benefício para as comunidades rurais”.

 

♦ Receba atualizações diretamente no seu email - Assine aqui a newsletter da ONU News
♦ Baixe o aplicativo/aplicação para - iOS ou Android
♦ Siga-nos no Twitter! Assista aos vídeos no Youtube e ouça a rádio no Soundcloud