ONU condena atentado contra presidente da Somália

18 setembro 2006

O Representante Especial do Secretário-Geral na Somália condenou energicamente o atentado à bomba contra a vida do presidente somali.

Segundo o porta-voz da ONU, Stephan Dujarric, o representante de Kofi Annan na Somália manifestou, contudo, a sua tristeza pela perda de vidas humanas e pelos inúmeros feridos.

Pelo menos quatro pessoas morreram e várias ficaram feridas em duas potentes explosões junto ao edifício do parlamento de transição somali, em Baidoa, nordeste de Mogadíscio, na altura em que o presidente interino falava aos deputados.

As explosões, aparentemente provocadas por viaturas armadilhadas, destruíram numerosos veículos estacionados frente ao edifício do parlamento, indicaram testemunhas.

 

♦ Receba atualizações diretamente no seu email - Assine aqui a newsletter da ONU News
♦ Baixe o aplicativo/aplicação para - iOS ou Android
♦ Siga-nos no Twitter! Assista aos vídeos no Youtube e ouça a rádio no Soundcloud