Unicef lança alerta contra exploração de crianças-jóqueis
BR

22 setembro 2006

O Fundo das Nações Unidas para Infância, Unicef, lançou um apelo para combater o uso de crianças como jóqueis, em corridas de camelo, em países asiáticos e árabes.

McCormick disse que estão sendo analisadas medidas financeiras para evitar que as crianças que já foram resgatadas deste tipo de trabalho infantil voltem a montar a camelo para sobreviver.

Segundo grupos de direitos humanos, milhares de meninos e meninas eram empregados como jóqueis em corridas de camelo antes de os Emirados Árabes Unidos banirem o emprego de meninos menores de 18 anos.

Ainda de acordo com agências de direitos humanos, muitas crianças pobres são seqüestradas e vendidas para trabalhar como jóqueis. O Unicef citou casos de jóqueis mirins em Bangladesh e no Paquistão.

As corridas de camelo são um esporte popular no Golfo Pérsico.

 

♦ Receba atualizações diretamente no seu email - Assine aqui a newsletter da ONU News
♦ Baixe o aplicativo/aplicação para - iOS ou Android
♦ Assista aos vídeos no Youtube e ouça a rádio no Soundcloud