Unesco condena assassinato de jornalista em Bangladesh
BR

27 setembro 2006

A Organização das Nações Unidas para Educação, Ciência e Cultura, Unesco, condenou o assassinato do jornalista Bellal Hossain Dafadar em Bangladesh.

Matsuura afirmou que o crime é um golpe contra a democracia.

O jornalista de 38 anos trabalhava como correspondente para o jornal Janabani. Ele foi atacado e esfaqueado, por pelo menos quatro homens, quando voltava para casa de bicicleta no último dia 14.

Segundo o Comitê de Proteção de Jornalistas, nove profissionais foram assassinados em Bangladesh nos últimos cinco anos.

 

♦ Receba atualizações diretamente no seu email - Assine aqui a newsletter da ONU News
♦ Baixe o aplicativo/aplicação para - iOS ou Android
♦ Assista aos vídeos no Youtube e ouça a rádio no Soundcloud