Sampaio apela a combate enérgico contra tuberculose em África

28 agosto 2006

O ex-Presidente português e primeiro enviado especial do Secretário-Geral da ONU para a Luta Contra a Tuberculose, Jorge Sampaio (foto), alertou os ministros da Saúde africanos para a necessidade de combater "sem tréguas" a tuberculose.

- África é a região com o maior fardo mundial de tuberculose per capita, disse o enviado especial da ONU. Para Sampaio tal situação é insustentável na medida em que o continente africano conta apenas com 11 por cento da população mundial e contribui com cerca de 25 por cento dos casos.

O ex-presidente português questionou tambêm o acesso aos serviços básicos de saúde nos países africanos e lembrou que o impacto da tuberculose pode afectar "toda a economia de um país".

A 56ª sessão do Comité Regional Africano da Organização Mundial de Saúde (OMS), que termina na sexta-feira, visa debater os problemas de saúde naquele continente, nomeadamente a SIDA, malária e tuberculose.

 

♦ Receba atualizações diretamente no seu email - Assine aqui a newsletter da ONU News
♦ Baixe o aplicativo/aplicação para - iOS ou Android
♦ Siga-nos no Twitter! Assista aos vídeos no Youtube e ouça a rádio no Soundcloud