Campanha eleitoral já registou 23 mortos na RDCongo

20 julho 2006

Os actos de violência registados desde o início da campanha eleitoral para as eleições gerais de 30 de Julho na República Democrática do Congo (RDCongo) provocaram já a morte a 23 pessoas, afirmou a ONU.

Ataques contra jornalistas que estão a fazer a cobertura da campanha eleitoral também têm sido registados, tendo já levado à realização de uma manifestação de profissionais da comunicação social na capital Kinshasa, a pedir mais segurança para realizarem o seu trabalho.

Num outro desenvolvimento, a Monuc indica que perto de 4.000 milicianos congoleses que actuam na província de Ituri, nordeste da República Democrática do Congo (RDCongo), entregaram as suas armas desde finais de Junho.

 

♦ Receba atualizações diretamente no seu email - Assine aqui a newsletter da ONU News
♦ Baixe o aplicativo/aplicação para - iOS ou Android
♦ Siga-nos no Twitter! Assista aos vídeos no Youtube e ouça a rádio no Soundcloud