Kofi Annan apela ao diálogo na Somália

21 julho 2006

O Secretário-Geral das Nações Unidas, Kofi Annan, apelou aos beligerantes somalis à contenção e ao diálogo para encontrar uma solução duradoura e consensual ao problema da Somália.

O primeiro-ministro de transição da Somália, Ali Mohamed Gedi, acusou as milícias dos tribunais islâmicos de preparar um ataque contra Baidoa, 250 quilómetros a noroeste de Mogadíscio, sede das instituições de transição.

Os islamistas desmentiram as autoridades, acusando-as de desejar provocar uma intervenção militar etíope na Somália.

Em Mogadíscio, os tribunais islâmicos organizaram uma importante manifestação depois da oração de sexta-feira para denunciar a invasão de tropas etíopes.

 

♦ Receba atualizações diretamente no seu email - Assine aqui a newsletter da ONU News
♦ Baixe o aplicativo/aplicação para - iOS ou Android
♦ Assista aos vídeos no Youtube e ouça a rádio no Soundcloud