As crianças e os conflitos armados

28 julho 2006

Marta Santos Pais, directora do Centro de Estudos “Inocenti” do Unicef baseado em Roma, fala deste fenómeno que afecta dezenas de milhares de crianças.

Em África, os países mais afectados foram ou são a Libéria, Serra Leoa, Côte d’Ivoire, RDCongo e Uganda.

Por isso, o Conselho de Segurança está a estudar a possibilidade de adoptar sanções contra os autores de violação das leis que protegem as crianças em situações de conflito.

Além da violência directa, as crianças acabam também por estar envolvidas na guerra enquanto refugiadas ou deslocadas internos.

 

♦ Receba atualizações diretamente no seu email - Assine aqui a newsletter da ONU News
♦ Baixe o aplicativo/aplicação para - iOS ou Android
♦ Siga-nos no Twitter! Assista aos vídeos no Youtube e ouça a rádio no Soundcloud