Segunda volta das presidenciais na RDCongo marcada para 29 de Outubro

31 julho 2006

A eventual segunda volta das presidenciais na RDCongo foi marcada para 29 de Outubro pela Comissão Eleitoral Independente (CEI).

O Secretário-Geral da ONU, Kofi Annan, congratulou-se com a realização da votação e apelou à calma, indicou a porta-voz Marie Okabe.

A porta-voz disse que o Secretário-Geral classificou o escrutínio de marco histórico no quadro do processo de paz no país e, ao mesmo tempo que felicitou os congoleses, pediu-lhes calma enquanto se espera pela divulgação dos resultados.

Com excepção de alguns incidentes, o processo eleitoral correu bem, segundo Hélder de Barros, funcionário da Missão das Nações Unidas na RDCongo (Monuc).

“No geral, as coisas correram dentro da normalidade. Houve pequenos incidentes nomeadamente nas províncias de Kasai oriental e ocidental. Devido a esses incidentes, a operação foi adiada para hoje (segunda-feira) porque houve casos em que o material foi destruído por vándalos a saldo de um ou outro partido político. Mas foram incidentes pouco significantes pois imaginava-se que a situação não fosse tão calma como foi, particularmente nas províncias do Kivu norte e sul, no Ituri assim como no Kananga mas felizmente essas populações puderam votar”, indicou.

A contagem dos votos disputados por 33 candidatos às presidenciais e outros 10.000 às legislativas já começou.

“Eu penso que dentro de uma semana já se poderá ter a tendência em termos das presidenciais”, prognosticou Barros.

Entretanto, o Conselho de Segurança reunido segunda-feira em Nova Iorque condenou a circulação de armas ilícitas na RDCongo e exprimiu a sua determinação em fazer respeitar o embargo sobre as armas.

A resolução exprime igualmente a determinação do Conselho em impedir o financiamento dos grupos armados e milícias no leste da RDCongo através da exploração das riquezas do país.

 

♦ Receba atualizações diretamente no seu email - Assine aqui a newsletter da ONU News
♦ Baixe o aplicativo/aplicação para - iOS ou Android
♦ Assista aos vídeos no Youtube e ouça a rádio no Soundcloud