Democracia não é garantia de ausência de tortura, diz relator da ONU
BR

26 junho 2006

No Dia Internacional da ONU em Apoio às Vítimas de Tortura, o relator independente de direitos humanos, Paulo Sérgio Pinheiro, disse que os casos de tortura continuam existindo em vários países democráticos.

O Dia Internacional também marca 25 anos do Fundo Voluntário da ONU para as Vítimas. A ONU tem vários órgãos que tratam do assunto incluindo a Comissão contra Tortura.

A ONU lembrou as vítimas de tortura no mundo com o lançamento do livro “Reconstruindo Vidas” pela alta-comissária de Direitos Humanos, Louise Arbour, em Genebra, na Suíça.

O livro retrata projetos de apoio das vítimas na Austrália, Bósnia-Herzegóvina, Chile, Paquistão e Ruanda.

 

♦ Receba atualizações diretamente no seu email - Assine aqui a newsletter da ONU News
♦ Baixe o aplicativo/aplicação para - iOS ou Android
♦ Siga-nos no Twitter! Assista aos vídeos no Youtube e ouça a rádio no Soundcloud