Mobilização contra gripe aviária não deve esmorecer, indica OMS

1 maio 2006

A Organização Mundial da Saúde (OMS) apelou aos países a não relaxarem os seus esforços na luta contra a gripe das aves, precisando que se trata de um longo combate.

Para Arlindo Bragança, representante em Cabo Verde da Organização das Nações Unidas para a Agricultura e Alimentação (FAO), a descoberta do vírus H5N1 na Côte d'Ivoire, o sétimo país africano a ser atingido, confirma a necessidade reforçar a luta contra a doença.

"O anúncio há quatro dias dos primeiros casos de gripe das aves na Côte d'Ivoire indica que não devemos baixar os braços, que o perigo está perto e presente em África. Devemos continuar com as mesmas medidas tomadas logo após o aparecimento dos primeiros casos na Nigéria. É assim que entendemos o apelo da OMS para que os países não baixem os braços face a este mal. Queria igualmente salientar que a FAO tem estado permanentemente a mobilizar esforços", disse Bragança.

 

♦ Receba atualizações diretamente no seu email - Assine aqui a newsletter da ONU News
♦ Baixe o aplicativo/aplicação para - iOS ou Android
♦ Assista aos vídeos no Youtube e ouça a rádio no Soundcloud