Sampaio quer utilizar experiência na luta contra tuberculose

17 maio 2006

O antigo presidente de Portugal, Jorge Sampaio (à esquerda, na foto), nomeado enviado especial do Secretário-Geral da ONU, Kofi Annan, para a iniciativa "Acabar com a Tuberculose", pretende utilizar a sua experiência e rede de conhecimentos no combate a esta doença que mata cerca de cinco mil pessoas por dia.

Em entrevista à Rádio ONU, o antigo estadista diz porquê aceitou esta nova missão.

"Eu acho que é preciso estar com os dirigentes, estar com as ONGs, encontrar eventos, estar presente nos programas e trazer isto cada vez mais à actualidade. Espero ter para isso toda a atenção e todos os auxílios que sejam disponíveis. É uma tarefa que para mim começa agora. Eu sou apenas um alimentador de energia e mais uma pessoa que se junta para poder utilizar a minha experiência e a circunstância de ter conhecido muita gente em dez anos como presidente da República e de pôr essa experiência e esses conhecimentos ao serviço deste programa", afirmou o enviado-especial.

Uma das tarefas de Sampaio consiste em levar os países, instituições e individualidades a implicarem-se mais no financiamento do plano que, até ao momento, apenas arrecadou 43% dos 56 mil milhões de dólares solicitados.

"São dificuldades que acontecem em relação a estes planos e as dificuldades têm que se transformar em estímulos para aqueles que estiverem a trabalhar, continuar a sensibilizar os países, as pessoas e as instituições para poderem dar o seu contributo para que este fundo continua a aumentar até aos níveis pretendidos. É sempre uma tarefa difícil, há sempre atrasos, há sempre pessoas, entidades ou países que dizem que sim mas depois é mais tarde. Uns tem uma situação financeira melhor que outros. É um trabalho que não termina, um trabalho de sensibilização permanente. É isso que teremos que fazer", disse o antigo estadista.

 

♦ Receba atualizações diretamente no seu email - Assine aqui a newsletter da ONU News
♦ Baixe o aplicativo/aplicação para - iOS ou Android
♦ Assista aos vídeos no Youtube e ouça a rádio no Soundcloud