Senegal tem 90 dias para julgar ou extraditar antigo presidente do Chade

22 maio 2006

O Senegal tem 90 dias para julgar o antigo presidente do Chade, Hissene Habré, ou expulsá-lo para a Bélgica onde deve responder pelas acusações de violação dos direitos humanos.

No ano passado, um tribunal senegalês indicou que não tinha competência para se pronunciar sobre a extradição do antigo presidente chadiano, que a justiça belga pretende julgar pelos crimes cometidos durante a sua presidência entre 1982 e 1990.

As autoridades senegalesas decidiram submeter o caso à União Africana (UA) mas a organização ainda não se pronunciou sobre a questão.

 

♦ Receba atualizações diretamente no seu email - Assine aqui a newsletter da ONU News
♦ Baixe o aplicativo/aplicação para - iOS ou Android
♦ Siga-nos no Twitter! Assista aos vídeos no Youtube e ouça a rádio no Soundcloud