FAO discute papel de aves silvestres na gripe aviária
BR

31 maio 2006

A Organização das Nações Unidas para Agricultura e Alimentação, FAO, discutiu em Roma o papel de aves silvestres na disseminação da gripe aviária.

O diretor do grupo de doenças infecciosas da FAO, Juan Lubroth, disse que ainda há muitas perguntas sem resposta.

“Temos que pesquisar mais. Não somente em janeiro, fevereiro, março do ano de 2006, mas temos que fazer a mesma coisa continuamente para verificar qual é situação das aves silvestres. Só temos certa informação de 6000 pássaros que foram mostrados na África, na Europa do Oeste e Meio-Oriente mas temos que fazer o mesmo em outras épocas do ano”, afirmou Lubroth.

Segundo os cientistas, ainda não se sabe como a doença surgiu embora já tenha sido provado que a migração das aves principalmente na Sibéria, e no Oeste e Leste da Europa tenha contribuído para a disseminação do vírus.

A gripe aviária já matou 127 pessoas, a maioria no Vietnã e na Indonésia.

 

♦ Receba atualizações diretamente no seu email - Assine aqui a newsletter da ONU News
♦ Baixe o aplicativo/aplicação para - iOS ou Android
♦ Siga-nos no Twitter! Assista aos vídeos no Youtube e ouça a rádio no Soundcloud